quinta-feira, 21 de março de 2013

DtSQL: Ferramenta Front-End para Banco de Dados

A procura por ferramentas que realmente aumentem a produtividade continua. O DtSQL apresenta um bom conjunto de funcionalidades e é compatível com o PostgreSQL e mais de 20 outros SGBDs. O DtSQL foi tornado livre em 2013, e tem sofrido atualizações recentemente, o que é um ponto positivo. Está disponível para Windows, Mac OS, Linux e UNIX.


Abaixo, coloco algumas informações, sobre os recursos oferecidos, com base na versão de março deste ano:

* Interface Gráfica Simples

- A interface gráfica é simples, mas parece bastante com outras já bastante conhecidas, como a do PgAdmin e a do Squirrel. Ao mesmo que isso facilita a utilização, deixa a impressão de que poderia agregar mais inovação e valor à ferramenta.


No entanto a interface não é perfeita. Para criar e executar comandos no editor de texto, deve-se clicar no banco de dados ou em um objeto (tabela ou visão). Demorei para descobrir este recurso, então creio que a interface não seja tão intuitiva quanto poderia.



* Assistentes

- Tarefas como a criação de tabelas, visões, índices e outros objetos são automatizadas por maio de assistentes que facilitam o trabalho.


* Query Builder (Confuso)

- Não posso dizer que gostei do Query Builder. Achei confuso e complicado. Mas recomendo que seja testado, pois pode ser exatamente o que você procura.


* Exportação/ Importação de Dados

- A exportação é a melhor feature da ferramenta. Assistentes permitem a exportação e importação em poucos cliques.

Não percebi bugs ou outros problemas no processo, mas recomendo testes para uso em bancos de dados de maiores proporções.

Exportação: Seleção de tabela a ser exportada.

 Exportação: Parâmetros


Importação: Definição de Tabela para receber os dados

Importação: Parâmetros

 Importação: Arquivo com dados a importar


Importação: Sumário


* Considerações Finais

A primeira impressão foi positiva, embora eu prefira soluções como o Squirrel. Creio que pode ser utilizada como front-end. Destaco os pontos positivos:
- Assistentes
- Disponibilidade para vários sistemas operacionais
- Conectividade com Múltiplos Bancos de Dados
- Recursos para importar/ exportar dados. Esta funcionalidade foi a que achei mais promissora.
- Atualizações recentes, indicando que a ferramenta não está parada.

Pontos negativos:
- Query builder confuso.
- Falta de recursos mais avançados como navegação gráfica nos dados, engenharia reversa, diagramação, monitoramento, etc.
- O código da ferramenta aparentemente não foi aberto.
- É mantida por uma empresa, não por uma comunidade, gerando dúvidas sobre o futuro da ferramenta.

Teste e me dê sua opinião!




Um comentário:

hayatu-123 disse...

Dê uma olhada em uma ferramenta gratuita Valentina Estúdio http://www.valentina-db.com/en/valentina-studio-overview