segunda-feira, 22 de outubro de 2012

APGDIFF: Ferramenta Mediana que pode ser Útil!

Basta um momento de descuido para termos várias versões de um mesmo banco de dados em funcionamento. Identificar os pontos de alteração em esquemas de bancos de dados manualmente é mais do que cansativo: é arriscado.

Para solucionar estes problemas, existem várias ferramentas para comparação entre esquemas de banco de dados, dentre elas a "Another PostgreSQL Diff Tool", também chamada (apgdiff). É uma ferramenta livre que apresenta versão gratuita na web e atualmente está em sua versão 2.4. 

Neste post é mostrado o funcionamento básico da versão web da ferramenta, que é bem simples, e são colocadas as primeiras impressões na sua utilização.

* Funcionamento

A operação da ferramenta é bem simples:
- Inicialmente, acesse o sítio da ferramenta;
- Faça o backup dos bancos de dados que se deseja comparar. Com o utilitário pg_dump a sintaxe poderia ser: pg_dump -U postgres -v -f teste_atual.txt postgres (extraindo o banco de dados postgres para o arquivo txt teste_atual.txt)
- Uma vez que tenha extraído o backup dos dois bancos de dados a comparar, acione a opção "Create Diff online" e faça o upload dos arquivos de backup obtidos
- Acione a opção de comparação de esquemas. Abaixo, colocamos um exemplo passo a passo.

Tela inicial

Inclusão de arquivos para comparação

Diferença entre os esquemas

* Primeiras impressões

O site foi bastante rápido em suas análises, mas não detectou todas as poucas alterações realizadas.

No teste foi acrescentado um novo usuário, o que não foi detectado pela ferramenta. A chave primária da tabela incluída também não foi encontrada pela apgdiff. A ferramenta também apresentou como diferente uma chave primária que na verdade estava igual em ambos os esquemas.

A primeira impressão é que a apgdiff é interessante, mas está longe de ser perfeita. A análise dos backups mostrou que podem ser deixados de lado detalhes importantes, o que não tira sua importância como potencial ferramenta auxiliar.

O trabalho do DBA, ajudado por scripts próprios e outras ferramentas, seguramente pode se beneficiar dos recursos da apgdiff. Mas como qualquer ferramenta, esta apresenta limitações, algumas das quais identificadas neste post.

Um comentário:

Joao Vitor pereira cunha disse...

Muito bom o blog,ta de parabéns,da até gosto de ver blog assim,vou recomendar para alguns amigos meus como estou recomendando o www.detetive-particular.com que é muito bom tb que estou usando na minha empresa,parabéns abraços!!